Descubra tudo sobre as causas do distúrbio nos batimentos do coração

Arritmia cardíaca é o distúrbio dos batimentos do miocárdio (coração). Na maioria das vezes ocorre ocasionalmente, mas, se houver a frequência do problema pode se agravar e levar ao colapso do coração. Algumas medidas devem ser tomadas para o ritmo cardíaco normalizar.

A arritmia cardíaca pode ser de dois tipos: as taquicardias e as bradicardias, a primeira ocorre quando há o batimento acelerado do coração e a segunda, quando a frequência cardíaca é lenta.  Em casos extremos as arritmias podem levar à morte súbita, quando não há um controle do bombeamento do sangue para o coração. 

Um coração bate de 60 a 100 por minutos, em alguns casos como o estresse e ansiedade, as batidas podem chegar a 200 batimentos por minuto, isso em um coração normal, onde as batidas se restabelecem rapidamente. 

Fatores de risco

As doenças do coração apresentam entre suas principais causas o uso exacerbado de cigarros, álcool, cafeína, drogas, hipertensão e diabetes descontroladas, estresse, artérias bloqueadas etc, o que desencadeia batimentos cardíacos extras na fibrilação atrial e ventrículos. 

Fique ligado! Se os batimentos forem acompanhados pela falta de ar ou tontura, pode indicar doenças cardíacas.

Para o cardiologista, Dr. Bernardo Medeiros, as pessoas devem estar atentas ao mal que o sedentarismo pode causar. “Outros fatores como obesidade, diabetes, pressão alta, também são importantes e determinantes para a ocorrência de doenças cardiovasculares”, cita o médico.

Sintomas

A arritmia cardíaca apresenta sintomas, como:

  • Batimentos acelerados e lentos;
  • Tontura;
  • Desmaio;
  • Palidez;
  • Falta de ar;
  • Enjoos;
  • Dor no peito;
  • Sudorese;

Preste atenção nos sinais do seu coração para não desencadear outras complicações, como:

  • AVC;
  • Insuficiência cardíaca;
  • Angina;
  • Ataque cardíaco;
  • Morte súbita;

Diagnóstico e tratamento

No caso de arritmia cardíaca o mais indicado é procurar um cardiologista Manaus, especialista responsável por se ocupar do diagnóstico e do tratamento de doenças e disfunções relacionadas com o sistema cardiovascular, na consulta o médico avaliará seu caso e passará exames como:

  • Eletrocardiograma;
  • Ecocardiograma;
  • Monitoramento holter;
  • Monitoramento de arritmias esporádicas;
  • Exame de estresse;
  • Tilt teste;
  • Estudo eletrofisiológico;

Em casos mais graves é necessário um tratamento urgente por meio de choque elétrico, implante de marca passo e medicações intravenosas. 

O especialista pode receitar medicamentos antiarrítmicos para regular os batimentos cardíacos.

Como prevenir?

Para prevenir a arritmia cardíaca e outras demais doenças é importante a realização de atividades físicas regularmente e uma alimentação adequada. Maus hábitos como o fumo, uso de álcool e comidas gordurosas devem ser evitadas. Amenizar o estresse é essencial para se obter uma vida saudável e bem-estar emocional sob controle. 

Não esqueça! A realização de visitas periódicas a um cardiologista é fundamental. Cuide do seu coração. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *